PREFEITO EXIGE RESPONSABILIDADE E COMPROMISSO DA COPASA EM ARCEBURGO

0

Algumas ações de responsabilidade da empresa não estão sendo cumpridas regularmente, como a recomposição do calçamento após a conclusão das suas obras e a falta do tratamento de esgoto em sua totalidade.

O Prefeito Gilson Mello exigiu diversas responsabilidades da Copasa, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto no município, para que cumpra os compromissos do contrato e melhore a prestação de serviço para os moradores.
As cobranças do prefeito ocorreram na manhã do dia 21, na Gerência Regional da empresa, em São Sebastião do Paraiso, diretamente ao gerente distrital da Copasa, engenheiro Flávio Florentino Bocoli.
Gilson foi acompanhado do Encarregado da empresa em Arceburgo, Edinei de Faria, para que tivesse anuência da pauta tratada.
Entre as cobranças estavam o recapeamento urgente da Avenida Doutor José Luiz de Moraes (que dá acesso aos bairros Residencial do Lago, Residencial Fortaleza, Santa Terezinha, Nova Arceburgo). Há meses os moradores desses bairros estão convivendo com o problema diariamente.
“Essa avenida está crítica, gerando transtornos para a população e o trânsito local. Exigimos da Gerencia Regional que o pavimento seja recomposto urgente. Garantimos a população que seria providenciado soluções com data certa. Garantimos o que nos garantiram e ficamos mentirosos, pois a Copasa foi irresponsável com o município”, pontuou o prefeito.

TRATAMENTO DE ESGOTO
Gilson também cobrou providências quanto ao efetivo tratamento de esgoto da cidade. Segundo ele, o prazo já venceu há anos.
Gilson se queixou das regras assinadas no contrato entre a Copasa e a Prefeitura. O serviço de concessão sai mais caro pois ele é cobrado antes mesmo dele ser executado.
A cobrança iniciou há anos e os moradores pagam 40% do valor da água, referente à coleta de esgoto. No entanto, o esgoto ainda não está sendo tratado na totalidade. “Que concessão benéfica foi essa a Arceburgo? Que contrato positivo foi esse para Arceburgo? Quem ganhou com isto até agora? ”, questiona o prefeito.
“A população já cansou de esperar uma melhora nos serviços da Copasa, e, por se tratar de um serviço básico e que é cobrado, a concessionária tem que entregar mais qualidade. Por isto estamos tratando este assunto com toda seriedade”, disse o prefeito.
Flavio Bocoli garantiu como honra pessoal que o recapeamento será providenciado nos próximos dias, quando as chuvas cessarem. Quanto ao tratamento efetivo do esgoto, o gerente assegurou que irá cobrar mais agilidade operacional das obras e que assegura para março de 2019, 95% do tratamento sanitário na cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here