CEMITÉRIO MUNICIPAL: FAMÍLIAS ESTÃO SENDO SENSIBILIZADAS A AMPLIAREM SEUS TÚMULOS

0
Construído em 1894, praticamente lotado, o Cemitério Municipal possui atualmente 12.042 sepultamentos em uma área de 22.550 metros quadrados. A construção de jazigos com duas ou três carneiras pelas famílias ofereceria mais vagas ao local.

A Prefeitura Municipal de Arceburgo pede a compreensão das famílias que possuam túmulos com carneiras simples no Cemitério Municipal para que ampliem seus jazigos para duas e ou três carneiras.
A medida é oportuna na medida em que a construção de novas carneiras (duplas e ou triplas) oferecerá a família a oportunidade do enterro dos entes queridos juntos através da aleatoriedade do tempo dos sepultamentos. Depois de 05 anos, novos enterros podem ser realizados nas gavetas existentes.
Por outro lado, a construção de mais carneiras no jazigo simples oferecerá a Prefeitura mais vagas no cemitério.
A Prefeitura não pode construir essas carneiras pois o túmulo simples ao ser comercializado pela Prefeitura e utilizado pela família passa ser de propriedade privativa da família que o adquiriu. Qualquer intervenção da Prefeitura nesse túmulo incorreria em improbidade administrativa, porque se trata de um bem particular.
A Prefeitura está ciente da responsabilidade da ampliação e ou de um novo local para sepultamentos futuros. Contudo, antes de tomar essas iniciativas, a Prefeitura quer esgotar todas as possibilidades do uso social do cemitério o que importará em economia de recursos no momento.
Nos últimos anos a atual Administração ampliou a área para novos sepultamentos nas proximidades do muro inferior. Por medida sanitária e ambiental, esse muro não pode ser mais ampliado por conta do rio que o avizinha.
Outra medida da atual administração tem sido a construção de novas carneiras simples em espaços ociosos do Cemitério, o que tem contribuído para amenizar o problema de sua lotação. Sepultamentos antigos eram realizados em covas na terra, e muitos estão apenas identificados por plaquinhas. Esses locais não são considerados ociosos pela Prefeitura, pois há sepultados ali.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here